barra dúvida um
barra dúvida dois
site dúvida
logo musculação
casal fitness
lupa

Enciclopédia do Fisiculturismo

© Copyright

mail barra
Botão Menu

LinkedIn
botão calculadoras
título calculadoras
fecha calc
calculadora bf calculadora tmb calculadora imc

fecha visi

Usuários On-Line

Veja o que estão acessando

 

• não estão excluídos desta relação os acessos feitos por robôs (bots)

• contabilizados os acessos totais nos últimos 30 minutos

8
Veja detalhes

 

Os Problemas no uso da Sibutramina para melhoria estética

 

  • Problemas no uso da Sibutramina

Marcelo Calazans

Elaborado em 29/07/2016

 

A Sibutramina pertence à classe dos inibidores de apetite, que são medicamentos com ação supressora do apetite e que afetam a saciedade, ajudando a regular a ingestão de calorias com a finalidade de diminuição do peso corporal[1].

 

A obesidade é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como excesso de gordura corporal resultante de um balanço energético positivo[2].

 

A obesidade pode ocasionar diversos problemas, entre eles podemos citar elevação da pressão arterial, colesterol e triglicerídeos aumentados, resistência à insulina podendo levar a uma diabetes tipo 2, riscos de doenças coronarianas, acidente vascular cerebral isquêmico entre outras, tais como, lesões osteoarticulares e dificuldade respiratória[2].

 

Por esse motivo, existem as medicações inibidoras do apetite, como por exemplo a Sibutramina, que podem ser aliados na diminuição do peso corporal, e isso quando a obesidade atingiu certo grau de elevação que sem ajuda farmacológica não se consegue resultado[3], impossibilitando que a pessoa possa lutar contra os malefícios que a obesidade pode causar, que foram descritos acima.

 

A obesidade é medida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), através do IMC – índice de massa corporal, e utilizando nossa calculadora abaixo, você poderá calcular o seu:

 

Calculadora de IMC - Índice de Massa Corporal

 

Calculadora de IMC - Índice de Massa Corporal

 

Abaixo temos a tabela de classificação do IMC divulgado pela Organização Mundial da Saúde:

 

IMCCategoria
abaixo de 16,00Magreza Grave
16,00 a 16,99Magreza Moderada
17,00 a 18.49Magreza Leve
18,50 a 24,99Peso ideal
25,00 a 29,99Sobrepeso
30,00 a 34,99Obesidade Grau I
35,00 a 39,99Obesidade Grau II
40,0 e acimaObesidade Grau III

Adapted from WHO 1995, WHO 2000 and WHO 2004 - BMI classification - World Health Organization

 

É através do IMC – índice de massa corporal, que podemos estipular se uma pessoa é obesa ou não, atribuindo a ela então os riscos descritos acima que a obesidade pode causar.

 

Um outro ponto um pouco equivocado que leva as pessoas a se utilizarem da Sibutramina, e que é censurado pelos órgãos reguladores e autoridades no Brasil, é o fato de uma pessoa fazer o uso de um inibidor de apetite, que pode ser desde uma anfepramona até uma Sibutramina, apenas por uma questão de estética física, e nesses casos, muitas vezes a pessoa conseguiria obter resultados com reeducação alimentar e exercícios físicos.

 

Mas existe uma grande dificuldade em convencer as pessoas a não utilizar de forma banal medicações como a Sibutramina apenas para conseguir melhorias físico estéticas. Muitas pessoas acabam usando tais medicações pois decidem obter a melhoria físico estética como "mágica", sem esforço. Isso leva ao abuso de tais substâncias, que coloca a saúde em risco devido aos colaterais já conhecidos dessas drogas[4].

 

Isso criou no Brasil uma batalha tremenda entre as autoridades competentes da área de saúde, e na tentativa de evitar esses abusos no uso da Sibutramina, foi estabelecido em uma publicação do diário oficial da união - D.O.U. n° 194, de 7 de outubro de 2011, um termo de responsabilidade para a prescrição da Sibutramina na diminuição do peso corporal, que cita que a sua prescrição apenas seria autorizada para casos de pessoas com IMC maior ou igual a 30[5], e que desaprova fortemente o uso da Sibutramina por pessoas que querem apenas melhorar a estética física.

 

A preocupação por parte das autoridades com o uso abusivo da Sibutramina sem motivo aparente, se deve ao fato dos problemas colaterais que o uso da Sibutramina pode causar.

 

Podemos relacionar inúmeros colaterais, tais como: taquicardia, aumento da frequência cardíaca, palpitações, aumento da pressão arterial/hipertensão, vasodilatação, náuseas, dor de cabeça, ansiedade, trombocitopenia (diminuição no número de plaquetas), transtornos psiquiátricos[5] entre muitos outros.

 

Portanto, quando uma pessoa necessita reduzir o peso corporal em um caso em que a busca desta redução é apenas estética, ou de melhoria da autoestima pessoal, a reeducação alimentar associada aos exercícios físicos que podem ser obtidas através da ajuda de profissionais educadores físicos e nutricionistas, é o ideal, e não optar pela via medicamentosa rápida e fácil que pode acabar se traduzindo em problemas de saúde, lembrando que um corpo esteticamente bonito por fora, não se traduz necessariamente em um corpo saudável por dentro.

 

Referências:

 

1 - Endocrinologia de Harrison, J. Larry Jameson, 2014.

 

2 - Segurança Alimentar e Nutricional, Cassiano Oliveira da Silva, Daurea Abadia De-Souza, Grazieli Benedetti Pascoal, Luana Padua Soares, 2015.

 

3 - Pharmácia Brasileira - Inibidores do apetite: Controlar sim; proibir não. Aloísio Brandão, nº 80, fev./mar., 2011 p. 14-16.

 

4 - Halpern A., Mancini M., Grinberg M., Segal A. - Arq. Bras. Cardiol., v. 78, n.1 pág. 9, 10. São Paulo, 2002.

 

5 - Bula do Medicamento - Cloridrato de Sibutramina Monoidratado - Nova Química Farmcêutica LTDA - consultado em 28/07/2016 no site www.anvisa.gov.br.

 



 

química